Home Page Jurídica - Home Page Jurídica

Depois da polémica com o uso do capacete, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária emitiu um parecer e diz que não é obrigatório o uso de capacete para quem anda de trotinetas mas recomenda o seu uso.

policia

Afinal, os condutores de trotinetas não são obrigados a usar capacete. A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) emitiu esta quinta-feira um parecer onde sublinha que o uso do capacete não é obrigatório mas é recomendável.

A instrução técnica foi emitida pela ANSR depois de um pedido do secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, e do vereador da mobilidade da câmara de Lisboa, Miguel Gaspar.

A polémica surgiu quando a PSP realizou uma ação de fiscalização, que foi prontamente contestada pela autarquia. A Câmara liderada por Fernando Medina tinha pedido a suspensão de qualquer auto.

Em causa está o ponto 5, do artigo 82 do Código da Estrada, onde se pode ler que "os condutores e passageiros de velocípedes com motor e os condutores de trotinetas com motor e de dispositivos de circulação com motor elétrico, autoequilibrados e automotores ou de outros meios de circulação análogos devem proteger a cabeça usando capacete devidamente ajustado e apertado."

As associações do setor rodoviário entenderam que a lei era clara, defendo a obrigação do uso de capacete por parte dos condutores.

in TSF | 20-12-2018 | Guilherme de Sousa

 

Conteúdo Relacionado:

NEWSLETTER JURÍDICA HPJ - Receba os nossos destaques!

banner 350 292 upt jan 2020

banner arkeyvata mar 2020

wook banner fev v2 2020

collex banner fev 2020

DESTAQUES

calendario forense hpj 2020

irs 2020 banner 350

 radar psp banner

 quizz hpj banner