A ministra da Justiça reconheceu hoje que, 40 anos depois da reforma que igualou a mulher ao homem no direito da família, ainda há "um longo caminho a percorrer" na "lei e nas práticas quotidianas".

francisca van dunem

Noticia completa aqui.

in TSF | 08-11-2017

 

PUB

NEWSLETTER JURÍDICA HPJ - Receba os nossos destaques!