Interoperacionalidade com entidades do Ministério da Justiça já está garantida e há diversos pedidos de adesão de diferentes entidades.

ordem notarios

in Jornal Económico | 26-03-2018 | Ricardo Santos Ferreira

A Ordem dos Notários está a preparar uma plataforma tecnológica que vai permitir a desmaterialização de documentos já existentes, mas também a criação de documentos que serão unicamente digitais. Nos últimos meses, o sistema foi estruturado, identificando-se as melhores práticas do mercado e a tecnologia mais adequada, para garantir eficiência, mas também a máxima segurança jurídica. Foi também desenvolvido um processo de contacto com diferentes stakeholders para garantir a interoperabilidade da plataforma, a começar pelo Estado. O projeto tem recolhido elevada aceitação e a Ordem tem já inúmeros pedidos de adesão, por parte de diversas entidades, públicas e privadas. Prevê-se que o sistema esteja operacional a partir de setembro.

O primeiro passo no desenvolvimento deste projeto foi perceber quais eram as necessidades do Estado, indispensável para garantir a interoperabilidade, que está, depois do trabalho que foi feito, “perfeitamente assegurada” com as entidades do Ministério da Justiça, disse ao Jornal Económico o bastonário da Ordem dos Notários.

Artigo publicado na edição semanal do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

 

PUB

NEWSLETTER JURÍDICA HPJ - Receba os nossos destaques!