A partir de 2.ª feira, pode levar o seu cão a tomar café. Mas lei não é clara... - Home Page Jurídica

A partir de segunda-feira, o seu animal já pode entrar nos restaurantes, mas AHRESP queixa-se de normas pouco claras.

restaurante

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) prevê que seja "residual" o número de restaurantes que vai passar a deixar entrar animais de companhia.

A lei que foi aprovada por unanimidade no Parlamento em fevereiro, a partir de projetos do Partido Ecologista "Os Verdes", partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) e Bloco de Esquerda, entra em vigor na próxima segunda-feira.

Ana Jacinto, secretária-geral da AHRESP, considera que serão poucos os estabelecimentos que vão adotar o dístico azul, que permite a entrada de cães, gatos, pássaros e outros animais de companhia.

O número de "pedidos e notas de empresários que queiram ter esta permissão é muito residual. Não serão, certamente, muitos", garantiu.

A AHRESP critica o facto de a lei não ser clara em vários aspetos, nomeadamente quanto ao conceito de "animal de companhia" (que espécies são incluídas nesta definição), ao número de animais permitidos, em simultâneo, num estabelecimento, e à necessidade de os animais usarem uma trela curta ou estarem devidamente acondicionados, assim como a possibilidade de poder ser recusado o acesso aos animais que, pelas suas características, comportamento ou eventual doença ou falta de higiene, perturbem o restaurante.

Também o próprio dístico que identifica os estabelecimentos que permitem a entrada de animais de companhia ainda não foi normatizado.

A falta de clareza nas normas faz com que os empresários da restauração temam ser responsabilizados, em caso de falha.

"Quem permitir [a entrada de animais nos restaurantes] tem que ter a consciência que tem responsabilidades acrescidas. Pode acontecer uma série de contingências que o proprietário não controla", lembra a secretária-geral da AHRESP.

in TSF | 22-06-2018 | Rui Silva com Rita Carvalho Pereira

 

Consulte a Lei em questão:

Lei n.º 15/2018, de 27 de março

 

PUB

NEWSLETTER JURÍDICA HPJ - Receba os nossos destaques!

OUTRAS NOTÍCIAS

INFORMAÇÃO JURÍDICA ÚTIL

banner upt set 2018 

agenda juridica 2018 promo 

moloni banner

DESTAQUES

gnr concursoestudante deslocado

afixacao obrigatoria direito laboralquiz destaque

inovcontacto 2018crta conducao banner

LIVROS C/ DESCONTO %