O professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Luís Menezes Leitão anunciou hoje a sua candidatura a bastonário da Ordem dos Advogados (OA), em eleições agendadas para novembro.

ordem advogados

No seu anúncio de candidatura, cuja apresentação formal será em março, Menezes Leitão (na foto) promete "prescindir do respetivo ordenado, no valor de alguns milhares de euros, criado por Marinho e Pinto e usufruído por todos os Bastonários até hoje".

Num comunicado divulgado hoje, Luís Menezes Leitão afirma-se contra a figura de bastonário/funcionário, considerando que "o bastonário deve ser um 'primus inter pares', deve ser pago pelo seu trabalho como advogado e não como funcionário da Ordem".

Luís Menezes Leitão é atualmente presidente do Conselho Superior da OA (órgão não executivo), preside à Associação Lisbonense de Proprietários e tem escritório de advogado em Lisboa.

O professor e advogado junta-se, assim, ao também já anunciado candidato Guilherme Figueiredo, o atual bastonário da OA.

Também António Jaime Martins, presidente do Conselho Regional de Lisboa, da OA, admitiu candidatar-se a bastonário.

in Jornal de Negócios | 27-02-2019 | LUSA

 

Conteúdo Relacionado:

 

NEWSLETTER JURÍDICA HPJ - Receba os nossos destaques!