Até ao final de outubro foram concedidas 110.813 novas autorizações de residência a cidadãos estrangeiros em Portugal.

sef

Até ao dia 31 de outubro foram concedidas 110.813 novas autorizações de residência (AR) a cidadãos estrangeiros em Portugal, quase mais 17 mil do que em todo o ano de 2018 (93.154), segundo dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Mesmo que não fosse concedida mais nenhuma AR até ao final do ano, a imigração para o país já teria crescido 18% em 2019 por comparação com o ano anterior, avança o “Público” esta terça-feira.

Os dados do SEF apontam uma tendência de subida nos últimos quatro anos. No ano passado, residiam em Portugal, de forma legal, cerca de 480 mil imigrantes, a maioria dos quais brasileiros. Tendo em conta a estimativa do SEF para este ano, o número de residentes deverá subir para 566 mil.

Na lista dos cinco países com mais imigrantes em Portugal, o Brasil lidera de forma destacada. Em 2018, moraram em Portugal 105 mil cidadãos do país sul-americano.

O Reino Unido aparece em segundo lugar e Itália surge em terceiro. Depois, seguem-se a Índia e o Nepal.

Segundo o jornal, o aumento do fluxo da imigração de indianos explica-se, em parte, com a subida de população estrangeira que vem trabalhar na agricultura.

in Expresso | 12-11-2019

 

 

Conteúdo Relacionado:

 

NEWSLETTER JURÍDICA HPJ - Receba os nossos destaques!