Mais de 45 mil novas empresas criadas em Portugal até novembro - Home Page Jurídica

Os setores de construção e transportes "são os que mais contribuem para o crescimento", de acordo com a Informa D&B. Estas duas áreas concentram "mais de 90%" do aumento de novas empresas.

empresas

Mais de 45 mil empresas foram criadas até final de novembro, “o que configura um mais que provável recorde de novas empresas” este ano, revela o barómetro da Informa D&B divulgado esta segunda-feira. “A um mês do final do ano, já nasceram praticamente o mesmo número de empresas em 2019 do que no mesmo período do ano passado“, refere o barómetro Informa D&B, que adianta que até ao final de novembro “nasceram 45.471 empresas”.

Este número “configura um mais que provável recorde de novas empresas” este ano, adianta, referindo que os setores de construção e transportes “são os que mais contribuem para o crescimento”. Estas duas áreas concentram “mais de 90%” do aumento de novas empresas.

Na área dos transportes, “já foram criadas este ano 4.068 novas empresas, mais 2.098 que no período homólogo, o que corresponde a um crescimento de 106,5%”, lê-se no comunicado.

“O crescimento nos transportes deve-se quase na totalidade às novas empresas registadas no subsetor do transporte ocasional de passageiros em veículos ligeiros”, refere. A construção foi responsável pela subida de 28,4% do número de empresas constituídas (5.013).

Em sentido inverso, as atividades imobiliárias, alojamento e restauração, serviços gerais e retalho são os quatro setores com menor criação de entidades empresariais.

Relativamente a encerramentos, “todos os setores” registaram menos fechos do que em 2018, “com exceção da agricultura e outros recursos naturais”, adianta. “No total dos setores, a descida de encerramentos é de 14,9% face a 30 de novembro de 2018, com a maioria deles a registar descidas de dois dígitos”.

Os novos processos de insolvência registaram uma quebra de 7%. “Este abrandamento da descida das novas insolvências deve-se ao setor das indústrias, que regista uma subida desde o início do ano. Em 30 de novembro, este setor registou mais 17,9% de novas insolvências do que em 2018, sobretudo nas empresas têxteis e metalúrgicas”, concluiu.

in ECO | 09-12-2019 | LUSA

 

 

Conteúdo Relacionado:

 

NEWSLETTER JURÍDICA HPJ - Receba os nossos destaques!

INFORMAÇÃO JURÍDICA ÚTIL

banner 350 292 upt jan 2020

irs 2020 banner 350

wook banner fev v2 2020

collex banner fev 2020

LIVROS C/ DESCONTO %

DESTAQUES

calendario forense hpj 2020

 codigo trabalho 2019 info

 radar psp banner

 quizz hpj banner