A28 e a Via do Infante também serão abrangidas pelo desconto.

carros

A partir de julho, as portagens cobradas em sete das autoestradas do interior do país vão ser descer de preço para aqueles que as cruzem recorrentemente, revelou a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, em declarações à “Renascença” esta quarta-feira. A A28 e a Via do Infante também serão abrangidas pelo desconto.

“Vamos conseguir implementar no terceiro trimestre deste ano um sistema de redução de portagens, privilegiando as portagens do interior. É um desconto de quantidades, que privilegia os utilizadores frequentes, quer sejam residentes quer trabalhem nestes territórios ou que os visitem regularmente”, disse a ministra.

Na prática, nos primeiros sete dias do mês as portagens são pagas a 100%; entre o oitavo e o décimo quinto dia, todas as passagens beneficiarem de 20% de desconto. A partir do décimo sexto dia até ao final do mês de calendário, todas as passagens beneficiam de 40% de desconto.

Segundo a responsável pela pasta da Coesão Territorial, um veículo de Classe 1, que faz todos os dias a A23 para trabalhar, pode poupar mais de 1.200 euros por ano.

A vias beneficiadas com a redução são: a A22-Algarve, A23-IP, A23-Beira Interior, A24-Interior Norte, A25-Beiras Litoral e Alta, A28-Norte Litoral, A4-Subconcessão AE transmontana, A4-Túnel do Marão, A13 e A13-1 - Subconcessão Pinhal Interior.

in Expresso | 26-02-2020

 

 

Conteúdo Relacionado:

 

NEWSLETTER JURÍDICA HPJ - Receba os nossos destaques!