A Ordem dos Advogados está contra a nova legislação, resultante de uma diretiva comunitária, que obriga a que estes os advogados informem o Departamento Central de Investigação e Ação Pena (DCIAP) sobre as suspeitas de práticas de crimes que estejam ligadas aos seus clientes.

guilherme figueiredo

Noticia completa aqui.

in Jornal Económico | 15-09-2017

 

Com interesse:

Lei n.º 83/2017, de 18 de agosto

 

PUB

 

NEWSLETTER JURÍDICA HPJ - Receba os nossos destaques!